Amante da Cultura Oriental, através das Artes Marciais, em particular o Kungfu – Shaolin do Norte (1977), dediquei-me a conhecer um pouco mais da arte do Bonsai onde iniciei minhas primeiras peças na Praça das Flores (Desembargador Moreira) em 1993.

Sobre o Bonsai que significa “árvore em bandeja” ou “árvore num vaso” que é um processo, por isso precisa ter outros atributos além de simplesmente estar plantado num vaso raso e pequeno. A planta deve ser uma réplica de uma árvore da natureza em miniatura. Deve simular os padrões de crescimento e os efeitos da gravidade sobre os galhos, além das marcas do tempo e estrutura geral dos galhos. Essencialmente é uma obra de arte produzida pelo homem através de cuidados especializados.

O Bonsai não se trata de uma espécie vegetal específica, mas sim de uma técnica utilizada em árvores com o objetivo de “miniaturizá-la” inspirando-se em formas existentes na natureza. Não há árvore de Bonsai, mas árvores que se transformam pelo processo de Bonsai. Na prática, é a arte de selecionar e transformar árvores que tenham potencial para se assemelhar a uma réplica na natureza.

Através da observação percebe-se que as árvores têm tendências de comportamento e estilos próprios. Também encontramos uma classificação de estilos de bonsai e formas mais tradicionais baseado no estilo natural das árvores. Suas principais categorias se baseiam principalmente nas formas e no número total de árvores na composição.

Foto0037_001 Foto0031

E continuando no segmento de artes com plantas, comecei em São Paulo, 1997 a cultivar outro tipo de arte para decoração, o famoso Terrário, que embelezam salas, escritórios e ambientes internos com muita beleza e claro, natureza viva.

Um terrário é um recipiente onde se reproduzem as condições ambientais necessárias para diferentes seres vivos total ou parcialmente terrestres. Os terrários podem ter diversos tamanhos e ser feitos de diversos materiais, não apenas vidro; são comuns os terrários de madeira, rede metálica, acrílico, pvc, etc. Possui sempre pelo menos uma de suas paredes feita de algum material transparente, geralmente vidro ou acrílico, para facilitar a visão do interior, e normalmente contém pedras, carvão, terra e plantas que permitem observar o comportamento dos seres vivos no mundo natural.

No âmbito da botânica, um terrário refere-se a pequenas estufas em que se recriam as condições de um ambiente tropical, ou seja umidade e temperatura altas e constantes, possibilitando o cultivo de plantas tropicais e subtropicais, porém podem ser totalmente fechados ou semi-aberto.

Foto0021 Foto0036 Terrário07

Hoje sou sindicalizado desde julho de 2007 no SIARA – Sindicato do Artesãos Autônomos do Estado do Ceará, sob o registro Nº 4030.